Avaliações sobre Nindja Pinturas e Anexos

Utilidade das avaliações para outros usuários
5 5
5 68 avaliações
82.926829268293%
4 9 avaliações
10.975609756098%
3 0 avaliações
5%
2 3 avaliações
3.6585365853659%
1 2 avaliações
2.4390243902439%
Ver 82 avaliações
Leo Cunha
Leo Cunha
Há 8 meses
1/5

Equipe de 5 pessoas e mesmo assim fizeram um serviço péssimo. Os cantos não foram pindados direito, falhas na pintura, roda pé e cantos muito mal feitos, demorou mais do que o previsto.

Nindja Pinturas e Anexos, respondeu...
Há 8 meses

Este trabalho foi realizado há dois anos e três meses, assim, é perfeitamente natural que eu não tenha me lembrado do cliente,quando hoje recebi o comunicado da postagem da sua opinião sobre nosso trabalho, e diante da dúvida, partindo dos dados informados sobre o cliente, liguei para o mesmo, me apresentando e informando que representava a empresa Nindja Pinturas e certamente havia um equívoco, pois não me lembrava de ter realizado trabalho para o Sr. Leo Cunha ultimamente.

Ele disse que havia sido minha empresa sim, tinha "certeza absoluta", mas o trabalho havia sido realizado e, 2016.

Disse que foi consultado pelo site e relatou sua opinião, e que se eu desejasse fazer alguma queixa do relatado, que o fizesse ao site.

Durante a rápida conversa, acabei por reconhecer o Sr. Leo Cunha, pelas informações agora trocadas entre nós, pois jamais tive a satisfação de conhecê-lo pessoalmente, e assim lhe disse:

"Estou me lembrando, é um imóvel na Rua Catumbi, inclusive foi com você que tive problemas com o pagamento", o que obviamente ele não se recordou.

O trabalho na verdade foi realizado em 2015, o pedido foi feito e registrado no site no dia 23/11/2015, como segue abaixo:

"Nota do particular

Pintura de apartamento de 65m2 no bairro belenzinho. O apartamento é novo e já tem uma primeira pintura, então não é necessário lichar a parede. Já tenho a tinta e todos os materiais, só preciso da mão de obra. Obrigado! "

Pois bem, ao receber o pedido, entrei em contato com o senhor Leo Cunha, propondo uma visita ao imóvel.

Por motivos particulares e de trabalho ele me fez a proposta de não visitar o imóvel, ele não tinha como me receber, mas que não havia problemas quanto às características do apartamento, por se tratar de imóvel novo, então me descreveu o imóvel e entramos em acordo sobre o valor do trabalho, todavia, existia um detalhe particular.

O Sr. Leo Cunha, ao adquirir o material, havia comprado apenas tinta na cor Branca, no entanto, ele queria o apartamento nas cores Branca no teto e Branco Gelo nas paredes, contudo, ele havia comprado "apenas" tinta branca, assim, cabia a mim preparar a cor Branco Gelo, adicionando pigmento preto na tinta branca.

Eu argumentei que era perfeitamente possível, mas que ele teria que ver pessoalmente o resultado, especialmente porque havia o detalhe de que ele queria uma cor gelo "bem clara", assim, ficaria muito complicado ter a certeza da tonalidade do seu desejo.

Ao colocar este problema, o Sr. Leo Cunha argumentou que eu poderia preparar a tinta e enviar foto, ainda insisti que a foto não retrataria com exatidão a cor da tinta.

Preparamos a tinta, entregamos o apartamento pintado nas paredes e tetos, o Sr. Leo Cunha não acompanhou em momento algum o trabalho.

Posteriormente, o Sr. Leo Cunha questionou dois detalhes:

Uma mancha ou material estranho em determinada área da sala, mas entendeu que não seria de nossa responsabilidade, haja vista termos enviado anteriormente fotos do piso totalmente coberto por nós com emprego de papelão corrugado, que protegia o contra qualquer material que viesse a cair.

A segunda queixa era que a cor Branco Gelo estaria clara demais, quase não diferenciando da cor do teto.

Obviamente que meu argumento foi simples:

O Sr. Leo Cunha não viu pessoalmente o resultado da mistura, por opção dele, e eu não tinha como entender à distância qual seria a tonalidade do "seu gosto", assim, obviamente não poderia me responsabilizar pela tonalidade da tinta, além do que, eu lhe havia alertado quanto a esta possibilidade.

É certo que o sr. Leo Cunha não ficou satisfeito com o resultado da cor, mas é certo também que não havia o que contestar.

Em momento algum o Sr. Leo Cunha reclamou sobre falhas, cantos, rodapés ou qualquer outra irregularidade.

Embora nossa intenção, aliás, nossa obrigação seja a realização do trabalho com o máximo de qualidade, não temos o menor problema em admitir alguma falha que possa restar, ainda que raramente, assim, seria perfeitamente aceitável retornar ao imóvel e sanar qualquer irregularidade, se assim fosse solicitado, a bem da verdade seria um dever nosso de ofício.

Ao final, o Sr. Leo Cunha, de posse de nossos dados bancários, procedeu a transferência dos valores combinados para pagamento do trabalho, e enviou via celular o recibo eletrônico da transferência.

O depósito não foi contabilizado, enviei o recibo para averiguação junto ao banco e me foi informado que o número do CNPJ estava fora de ordem, e não seria reconhecido pelo sistema.

Comuniquei imediata e educadamente, ao Sr. Leo Cunha, pedindo que consultasse seu extrato, pois o valor possivelmente teria sido estornado para sua conta, e que ele procedesse nova transferência.

Embora os sintemas bancários tenham características de eficiência, levou alguns dias para que o Sr. Leo Cunha conseguisse, depois de vários contatos, digitar o CNPJ de maneira correta e efetivar a transferência, o que diante de tal morosidade, é compreensível que tenha vindo reclamar do trabalho depois de anos.

Lamentavelmente o site do habitissimo tem apenas campo para que o cliente venha a postar opiniões sobre o prestador, sejam elas negativas ou positivas, e não temos como proceder da mesma forma sobre os nossos clientes, pois se assim o fosse, o Sr. Leo Cunha comprovadamente faria parte do rol das "personas non gratas' como cliente e ser humano.

O papel aceita tudo que se escreve nele, assim como o que se escreve aqui, portanto é seguro dizer que o Sr. Leo Cunha não vai se lembrar daquilo que feriu a mim, mas com certeza discordar no que tange ao seu procedimento, porém, as opiniões sobre meu trabalho falam alto e meus próprios clientes testemunham minha integridade, seria de fato mais proveitoso se o Sr. Leo Cunha me procurasse com suas queixas na época, e se constatadas, seriam resolvidas sem a necessidade de qualquer transtorno para quem quer que fosse.

Do meu lado, continuarei com o trabalho que desenvolvo, procurando superar a cada dia a qualidade relatada por nossos inúmeros cliente que aqui já se manifestaram, o que para nós não é nenhum sacrifício, ao contrário, é sempre uma honra e prazer, uma questão de "dignidade", qualidade a cada dia mais rara, lastimavelmente.

Mazilde
Mazilde
Há 6 meses
1/5

Não tive boa experiência com a mão obra. O revestimento e o porcelanato foi feito com muita falta de capricho, sem alinhamento, péssimo acabamento. Qualquer pessoa leiga consegue identificar os defeitos. Fiquei muito decepcionada.

Nindja Pinturas e Anexos, respondeu...
Há 6 meses

Ao verificar o trabalho feito por nosso pedreiro no apartamento da Sra. Mazilde, pude de fato constatar irregularidades, devo concordar com seu comentário em partes.

Neste dia fui recebido pelo Sr, Reginaldo, esposo ou noivo da Sra. Mazilde, junto do qual me coloquei a disposição para retornar ao local após o gesseiro por eles contratado finalizar o trabalho dos tetos para sanar as irregularidades.

Não houve nenhum contato até então.

Nossa empresa tem sua qualidade avaliada positivamente por dezenas de clientes ao longos de seis anos fazendo parte do site do Habitissimo, somos qualificados, é fácil constatar .

Todavia, não somos isentos de falhas, como qualquer prestador em qualquer ramo de atividade, mas jamais fugimos a responsabilidade por sanar eventuais lacunas.

Ernesto
Ernesto
Há 1 año
2/5

Ligou. . . Mas depois não fez cotação.

Nindja Pinturas e Anexos, respondeu...
Há 1 año

Sr. Ernesto, como vai?

De fato eu liguei e não fiz a cotação.

Aliás, devemos considerar que não só liguei como também, após receber seu pedido e despertar nosso interesse, de imediato enviei um email em resposta, apresentando minha empresa através de referências comerciais e opiniões sobre a mesma, no intuito de que tivesse conhecimento de com que estaria tratando.

Tanto no email quanto na ligação telefônica, comentei sobre a necessidade de fazer uma visita até o local para avaliação do trabalho, uma vez que é desaconselhável que se envie um orçamento, ou cotação (como se referiu), sem antes observar as condições do imóvel, pois se correria o risco de orçar valores que não correspondam à realidade.

Ao finalizarmos a conversa pelo telefone, o senhor, educadamente, afirmou que iria ler o email e após isso entraria em contato conosco, todavia,não o fez.

Entendo que nos afazeres do dia a dia, especialmente aqui em São Paulo, muitas vezes acabamos por sermos traídos pela memória, o que não podemos afirmar, mas é possível, tenha lhe ocorrido, assim, não retornou nosso contato.

Entretanto, não podemos contar com esta hipótese do esquecimento, temos que sermos práticos, e embora eu tenha pago por seu pedido e de fato tivesse grande interesse em realizar seu trabalho, pois é disso que vivo, eu fiz o que achei ser meu dever profissional, que foi estabelecer o contato utilizando as ferramentas que dispunha (Email e seu telefone pessoal) e esperar por seu retorno, como me prometeu, é o nosso procedimento para com todos nossos possíveis clientes, pois não é do nosso feitio ficar insistindo, ainda que isso venha a nos trazer prejuízo, pois a realização do trabalho é de interesse nosso, mas obviamente que é seu também, e hoje os meios de comunicação oferecem extrema facilidade, assim, se não retornou o contato, como prometido, devemos acreditar que não houve interesse em dar continuidade a negociação por motivos que não nos cabe questionar.

Por muitas vezes eu ouvi de clientes que o prestador foi inconveniente fazendo ligações seguidas, inclusive a noite ou no trabalho, o que causa transtorno e irritação, e partindo deste princípio, preferimos deixar todos os nossos clientes completamente a vontade para decidir, haja vista que, como já afirmei acima, o interesse é tanto nosso quanto dele, e partindo deste princípio, assim também foi com o senhor, ficamos aguardando seu retorno.

De qualquer maneira, tem nosso contato, assim, esperamos que no futuro possamos ter nova oportunidade de lhe prestar nossos serviços, o que certamente o faremos com a mesma responsabilidade, zelo e dedicação.

Sem mais para o momento, deixamos nosso fraterno abraço.

Att.

Silvio C. Garcia

NINDJA Pinturas e Anexos

Sebastião Neto
Há 1 año
2/5

Contratei a cerca de 2 meses trabalho para um ap de 60m, amaciar e pintar teto de gesso e paredes, comprado 2 latas de 18l de massa corrida para os tetos, na primeira visita que fiz ao ap enquanto o rapaz estava trabalhando o mesmo reclamou que era muito ruim para lixar os cantos do teto (ou seja justificando possíveis lugares que ficariam sem lixar ou imperfeições), eu não disse nada, deixei ele trabalhar, após concluído trabalho, quando fui ver, o teto ficou com varias imperfeições, onde eram pra serem corrigidas com massa corrida, as laterais foram mal lixadas, mas deixei como estava, 2 meses após feito, depois da instalação dos armários da cozinha, o marceneiro acabou lascando algumas partes do tetos ao bater as madeiras dos armários ao instalar, fui fazer o reparo eu mesmo, com massa e tinta que sobrou e o resultado comprovou o mal trabalho executado pelo pintor, a parte onde lixei, passei massa corrida novamente e pintei, ficou totalmente diferente do restante do teto, obs: das 2 latas de 18l de massa corrida, foi utilizado apenas cerca de 10l de uma lata, o pintor me pediu a outra lata que sobraria para ele poder usar na casa dele, então ai esta, ele deixou de usar no meu ap e fazer o trabalho correto já com intenção de sobrar para ele pedir e utilizar na casa dele. Com relação ao sr. Silvio, ótimo profissional, porem não tive sorte com o profissional que ele colocou para trabalhar em minha obra.

Nindja Pinturas e Anexos, respondeu...
Há 1 año

Caro Sebastião, como vai?

Levando em conta o respeito ao seu comentário, é justo que eu exponha minhas considerações.

As opiniões a respeito de nossa empresa, tal e qual a sua opinião, são absolutamente verdadeiras e, perceba que a avaliação média de tais comentários é super positiva, retratando um trabalho serio e comprometido da nossa jornada profissional ao longo dos anos.

Contudo, pedindo permissão ao genial Charles Chaplin, faço minhas as suas palavras dele no seu discurso proferido no filme O Grande Ditador:

"Não sois máquina! Homens é que sois!"

Assim somos todos, homens, humanos e sujeito a falhas, não só profissionalmente como ao longo da vida, embora o que nos motiva seja acertar sempre, e como tal, não seria a primeira vez que retornamos ao local de um trabalho finalizado para corrigir qualquer irregularidade, e assim o faria em seu apartamento, com toda boa vontade, se assim também nos tivesse comunicado, pois algum detalhe realmente pode nos passar desapercebido, sendo nossa obrigação de ofício a correção do mesmo.

Quanto às duas latas de massa corrida,, uma vez que esta postagem é pública,cabe aqui esclarecer que não foi minha empresa que solicitou a compra de duas latas de 18 litros, e sim o rapaz que cuidava do seu trabalho anteriormente, o que causou estranheza, uma vez que para a demanda do seu trabalho a aquisição de apenas uma lata da massa seria obviamente suficiente.

Você mesmo comenta que foi usado cerca de 10 litros da massa, ou seja, pouco mais que a metade, o que então, sem querer justificar falhas no trabalho, descaracteriza que houve intenção premeditada do profissional em levar a outra lata de massa, e, a bem da verdade, nada lhe garantia que você fosse ceder a mesma a ele.

Fico lisonjeado no que tange a minha pessoa, agradeço seu comentário e retribuo o elogio, uma vez que é sempre uma satisfação ter por cliente ou mesmo por amigo, um sujeito digno como você, lutador e comprometido, e rogo que no futuro ainda tenha a chance de lhe prestar nossos trabalhos, desfazendo este lapso de descontentamento.

Um fraterno abraço e todos os seus.

Alline
Alline
Há 7 meses
2/5

Não entrou em contato até o momento.

Ivans Diniz
Ivans Diniz
Há 2 anos
3.5/5

Tudo certo com excessão de alguns detalhes mas nada que comprometesse o serviço. Pessoal educado, trabalho entregue na data. Alguns detalhes precisaram ser refeitos. Deixaram um olho mágico desmontado que sumiu e duas luminárias foram retiradas para pintura e não foram recolocadas. Mas nada que comprometesse o serviço.

Rafael Castro
Rafael Castro
Há 5 anos
4/5

Por motivo de doença na familia, tive que utilizar o dinheiro que tinha para o trabalho, mas essa empresa foi a que melhor me atendeu (excelente) e me deu o melhor prazo e orçamento. Com certeza quando tiver os recursos novamente eu entrarei em contato com eles diretamente, nem olharei outras empresas. Só não dei 10 por não ter feito o serviço, então não tenho trabalho pra avaliar pessoalmente.

Leda silveira
Leda silveira
Há 4 anos
4/5

O serviço foi bem executado, em tempo menor ao prazo fornecido. Houve necessidade de retorno para rever alguns detalhes, mas não houve nenhuma dificuldade com o este retorno. Tudo foi executado dentro do combinado, com qualidade. Ressalto como pontos positivos o "know how" do sr. Sílvio e sua equipe, a facilidade na comunicação e a atenção do sr. Sílvio com o cliente.

Ivone
Ivone
Há 4 anos
4/5

O trabalho executado de gesso e pintura foram bem executados, dentro do prazo, dentro do orçamento e excelentes profissionais. Fariamos novamente serviços com essa empresa e indicaria tambem a demais pessoas.

Paulo Santos
Paulo Santos
Há 2 anos
4/5

Serviço realizado de acordo com o combinado. Empresa cumpriu o que foi combinado, dentro do prazo e com limpeza dentro do esperado. Durante a realização da obra fiquei em casa não pude sair e não houve grandes transtornos.

Opine sobre Nindja Pinturas e Anexos

Descreva sua experiência com Nindja Pinturas e Anexos e ajude outras pessoas a escolher profissionais.

Péssima
Ruim
Normal
Muito boa
Excelente
Não será exibido no comentário.

Enviar a avaliação